Confiança

Um homem comum. Postura impetuosa, autoconfiante, por vezes megalomaníaca. Não havia nada de extraordinário nele, nenhum talento que se sobressaía. Definitivamente, um homem comum. O traço que mais o marcava era seu bordão: “Confia em Mim!”

Pediu dinheiro emprestado. Soma alta. Cinco digítos. Ao ser interpelado por quem lhe emprestou a quantia, olhou nos olhos e disse: “É para montar meu lance. Lucro certo. Confia em Mim!”. Conseguiu a grana.

Chamou um colega para o empreendimento. O amigo – desconfiado – quis saber de mais detalhes. Não se abalou. Contou sua estória, tintim por tintim. Ao ouvir sobre o negócio, o parceiro ficou cabreiro. Ele rebateu: “Deixa de ser bobo, já lhe decepcionei alguma vez? Confia em mim!”. Conseguiu um sócio.

O empreendimento não ia bem das pernas. A situação era desesperadora. Conheceu uma moça que era gerente de uma firma. Seduziu a garota, e entre beijos e amassos, conseguiu a chave do escritório, sem que ela percebesse.

Tentou furtar a empresa, levou cheques, mas a moça, percebendo o sumiço do molho de chaves, sustou os títulos e avisou à polícia.  Foi descoberto e preso em flagrante. Furto, apropriação indébita, estelionato. Olhou para a moça e disse: “Você não confiou em mim!”. Pegou anos de cadeia.

Na prisão, passa os dias refletindo. Perdeu o empreendimento, os amigos e o dinheiro. Mais do que isso: perdeu a confiança. Anda de um lado para o outro, sempre atemorizado, desconfiado. Quando algum companheiro de cela o chama para qualquer empreitada, sempre ouve seu bordão na boca alheia. Aprendeu a lição. Não confia mais. Nem em si mesmo, nem em ninguém.

[Publicado originalmente em 100 contos que não valem nada, XIII.02.2005]

Anúncios

Uma opinião sobre “Confiança

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s