Calçadão

O tempo voa. E quanto mais velho se fica, mais rápido ele corre. Encontrar o que nos deixa saudoso, passear onde se nasceu e criou, conhecer novos lugares, criar e relembrar bons momentos e vivenciar novas coisas. O que se leva da vida são sorrisos. Sorrisos, carinhos e respeitos.

Naquela caminhada pelo calçadão da vida, observar o molejo malemolente das garotas andando na direção contrária, quase dando um torcicolo no observador. Conversar sobre as memórias das mesas de estudante, dos porres inesquecíveis – menos para quem bebeu – do presente e dos planos pro futuro. Cultivar os amigos antigos, fazer novos e manter sempre o papo bom, o sorriso fácil, a solidariedade presente.

Entre aqueles milhares de metros, a vontade de dar um mergulho. Que é subjugada pelo sol gaiato, que teima em se esconder, apresentando um vento frio. A praia é trocada pelo chopp. E dentre as coisas inigualáveis da vida, o choppinho é das mais únicas.

Depois de algumas tulipas e análises pertinentes sobre o nada, muitos sorrisos, muitas saudades. No calçadão desta vida, vamos caminhando com quem nos ensina, nos faz bem, nos trata bem. E vamos deixando para trás, sem olhar no retrovisor, aquilo que não nos apetece. Só se tira da vida o que se investe nela. Vai mais um chopp aí?

Anúncios

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s