Patota de Cosme

De todos os dias do ano, aquele era o dia em que ele acordava mais contente. Tomava seu banho, se arrumava, passava o perfume do pai. Era dia de Cosme e Damião, dia de colecionar saquinhos de doces.

No colégio, a “Tia”, devota, já o abastecia com um saquinho. As mães de alguns amiguinhos nunca esqueciam de enviar os seus. Sua mãe era fervorosa seguidora dos santos meninos, mas com a grana curta, não conseguia fazer suas oferendas. A reverência era em agradecer os presentes recebidos e a graça em estar vivo.

Suspiro, maria mole, paçoca, pirulito, jujuba, pé-de-moleque. Ao sair do colégio, ia atrás dos carros que distribuíam sacos de doce, em um tempo em que os perigos eram mais esparsos e a alegria mais presente. Nunca teve medo de ser atropelado ou raptado. Sabia que Cosme e Damião protege as crianças e os bêbados, quem iria contrariar?

Ao fim do dia, ia pra casa equilibrando inúmeros saquinhos entre seus braços. Só comia as guloseimas quando chegava em casa, juntando todas numa bacia. E se ficasse pequena, uma balde seria eleito como a arca das delícias.

Décadas depois, na data em que ele mais gostava, vê seu filho chegar com dois ou três saquinhos, mirrados, que alguém ainda distribui no colégio. Faz questão de dar um pacote de doce pra ele também, seguido de um abraço afetuoso. Em tempos de perigos mais presentes e alegria mais esparsa, faz questão de substituir as guloseimas que faltam com doçura para seu rebento.

E, de mãos dadas, ensina o guri a correr atrás do açúcar da vida, sem medo dos obstáculos. E mostra que o rebento sempre deve ser criança, nunca perder a infância. Afinal, os Ibejis sempre protegem os meninos. A Patota de Cosme não desampara quem é dos seus.

Anúncios

Uma opinião sobre “Patota de Cosme

  1. Sair de casa com o itinerário pronto na cabeça e uma sacola de mercado (aquela de papel marrom e alças de plástico) na mão justamente para não ter que equilibrar saquinhos… Eram os únicos doces que a mãe deixava aceitar de desconhecidos. Bons tempos! *-*

    Curtir

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s