Matheus, 7

Ele era daqueles pastores admirados por sua eloqüência. Sua oratória era daquelas que o fazia ser um instrumento poderoso. Homem de família e de valores. Se considerava um mensageiro da palavra de Deus, defendendo a bíblia de forma inquisidora. Tentava passar a impressão de ser ungido e um eleito pelo altíssimo, com seus ternos bem cortados e gravatas de seda.

Se achava no direito de guiar, opinar e controlar a vida dos fiéis. Dava uma interpretação toda peculiar e estrita aos escritos do Senhor. Pregava as distorções do amor, do perdão, do dízimo, de forma que apenas a religiosidade que defendia era a dos eleitos. Profeta da intolerância, cujo mandamento era mandar.

Fazia do púlpito seu tribunal, da palavra sua sentença. Tentava convencer seus ouvintes de que as pessoas eram boas ou ruins, certas ou erradas. Maniqueísta. Na interpretação torta que dava às palavras que julgavam sagradas, seu maior prazer era demolir reputações, provando que tinha razão, mesmo quando lidava com a falta de senso, de verdade e de justiça. Falava de Deus, mas, no âmago, apenas se sentia como tal, com poder de modificar a vida alheia quando bem entendesse.

Era assim que passava sua imagem aos fiéis. Entretanto, era infiel ao que pregava e mantinha um relacionamento com um dos obreiros de sua igreja. Foi descoberto por um desafeto e teve sua vida exposta e achincalhada. Quando tentou se defender com veemência, foi rebatido com a fúria dos lobos que alimentou durante anos de pregação. Estava só.

Ao chegar em casa, percebe que sua família o abandonou. Sozinho, humilhado, afogado em sua própria hipocrisia. Procurou Deus, o mesmo que muitas vezes achou que tomou o lugar. Abriu a bíblia aleatoriamente. Matheus, 7. Colocou seu melhor terno. Deu nó na gravata de seda. Amanheceu enforcado em seu quarto.

_______________

Matheus, 7

Anúncios

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s