Dor

Um pai deixa sua filha, um bebê, no carro. Na correria insana do dia-a- dia, a esquece lá por quatro horas e só lembra quando a esposa o alerta. Quando volta, desesperado, ao veículo, a criança já não respira mais. A leva para o hospital, mas já não adianta mais nada.

É difícil imaginar algo mais doloroso. Todos erram na vida. Todos. Eu, você, qualquer um. Na maioria dos casos, os erros são reparáveis e até os que não tem reparo, em grande parte permitem uma convivência relativamente pacífica com a consciência. Este tipo de falha, não.

No momento em que se dá conta do que ocorreu, este pai se julgou e se condenou inapelavelmente. Quando se olhar no espelho, sempre estará corroído de um dos maiores demônios: o remorso. Não é preciso que alguém aponte o erro, ou o recrimine. A autopunição é sempre a pior das penitências.

Eu confesso, não consegui ler a carta até o final. A dor desse pai é minha dor. Porque todos somos passíveis de erro, mas sempre há esperança de que possam ser consertados. Este, infelizmente, não pode.

E, ao chegar em casa, abraçarei forte a minha filha, rezando para que, a cada erro que eu cometa com ela, tenha a chance de corrigir. Uma forma de redenção, por mim e por aquele pai. Porque assumir a culpa e o erro com essa sinceridade também é uma forma de amor, das mais belas, mesmo na pior dor.

___________________

A carta que eu não tive coragem de ler até o final, mas ele teve a coragem de escrever e assumir a culpa, está aqui

Anúncios

3 opiniões sobre “Dor

  1. Cara, ótimo texto. Sinto o mesmo, com o “agravante” que minha filha também se chama Manuela. Agora, se não teve coragem de ler a carta, nem pense em olhar os comentários. Mais nojentos que o usual, o que já indica o nível de escrotidão. Muito triste.

    Curtir

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s