Sorrisos Libertadores

Naquele metrô que era idêntico ao metrô de muitas grandes cidades – caótico, uma teia emaranhada de linhas, lotado, “cuidado com os batedores de carteira”, sem climatização – nada era novidade. Todos estavam mais preocupados e encarcerados em si mesmos, pouco importando o que ocorre com os outros. Fim de tarde, horário do rush em uma cidade gigantesca e cheia de contrastes.

O vagão estava lotado de gente dos mais diversos lugares. Era possível escutar pelo menos uns cinco idiomas diferentes em forma de cochicho, mas todos, absolutamente todos, estavam homogêneos na carranca fechada, observando os próprios bolsos, mal disfarçando o preconceito ou o pré-conceito, ou apenas o temor de estar em um lugar tão comum e tão estranho ao mesmo tempo.

Detrás dos murmúrios poliglotas, onde o barulho do trem era dominante, de repente, dois bebês que estavam no vagão se identificam mutuamente. Um, com traços orientais; outro com traços africanos. Em vez de chorar, lugar comum e atitude mais esperada, ambos começam a rir. Rir, não; gargalhar. A gargalhada mais efusiva e gostosa que se podia ouvir naquela hora.

O ato pegou a todos os adultos de surpresa. Primeiro, o olhar incrédulo; depois, o esboço de sorriso começou a tomar conta da face da maioria, senão todos; em instantes, todo o vagão começou a sorrir, pedidos de licença foram escutados, o obrigado se tornou uma língua universal, demolindo de vez o preconceito e os pré-conceitos daquele trem.

Não foi a primeira vez que isso ocorreu, mas vivenciar tal fato foi um raio de sol quente naquele fim gélido de tarde. No mundo oprimido pela prisão da desconfiança, os sorrisos de criança são libertadores. E, além de tudo, são uma lufada de ar fresco na poluição da maldade cotidiana.

________

Para reler outro texto sobre metrôs, sentimentos e alegria,  clique aqui.

Anúncios

Uma opinião sobre “Sorrisos Libertadores

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s