Meridional

Ele só queria caminhar. E queria caminhar rumo ao sul. O sul sempre foi seu norte, e não tinha nada de antítese nisso. Gostava da idéia de se sentar naquele banco para ver aquele pôr-do-sol que ninguém conhece. Aliás, acha até melhor assim, porque aquele momento, nos momentos difíceis, é só dele.

Em momentos esparsos, seu corpo e alma disparavam um estado de alerta, que sufocavam seu raciocínio. Brincadeira de tempos de guri, sabia que neste momento ou implodia ou voltava pro seu canto, seu recanto, seu refúgio. Ali, se sentia sempre protegido, com o vento batendo na cara e levando as mazelas pra longe. E ele precisava, como ele precisava.

Pensando nas rasteiras que a vida dá, dessa vez ele não queria levantar. Ficar deitado, respirando, talvez fosse mais útil. Naquele canto, que sempre foi berço das suas memórias, ele se sentia desabafando em silêncio. Ali, ele estava com os seus, mesmo que os seus não soubessem quem ele era. Mas em cada olhar, em cada rosto, havia um sorriso conciliador.

Às vezes é preciso terminar para voltar a começar. Viver é um círculo sem fim, cujo raio aumenta e diminui ao sabor do acaso. Acaso. Nunca gostou do acaso. Sempre gostou de desafiá-lo. Nem sempre ganhou, mas sempre saiu no lucro. Desta vez, não sabia o que pensar. Ele só queria buscar o ar. E ali, no seu abrigo, conseguia.

Sentado naquele banco, ao fim da tarde, repassou todo este momento difícil. Não sabia o que viria no futuro. Quem se importa? O pôr-do-sol já se apresentava, majestoso. Aquele pôr-do-sol que ninguém conhece. A cerveja estava quente. Quem se importa? O vento continuava levando as mazelas para noite. A tristeza, por hoje, no te la puedo dar. Abriu um sorriso.

Anúncios

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s