Cheiro de Café

O mais complexo na vida é enxergar a simplicidade. O mais prazeroso, também. Nada mais natural do que uma contradição para guiar o caminho. Tatear no escuro é a única maneira de seguir em frente. Um dia de cada vez, sempre em passos pequenos, seja pra que lado for. Tempo ao tempo, é o que diz a sabedoria.

Ali, nas pequenas e delicadas coisas, como trabalho de ourives, se talha o destino. A 18 quilates, maleável ao extremo, mas com certa dose de sujeira, não para macular a pureza, mas para dar alicerce, cicatriz, dureza necessária para entender e compreender a beleza dos momentos, inclusive os duros.

“Se lágrima fosse de pedra, eu choraria”. Assim diz o poeta citado por outro poeta e replicado por quem não entende de poesia. É mentira, claro. Não há pedras no peito, no máximo nos rins. A roda da fortuna às vezes se traveste de infortúnio, entrelinhas tortuosas que revelam bem mais que bem traçadas linhas. Há sempre a necessidade do pé no chão, embora sonhos sejam combustível e se incendiar seja bem mais atraente e gratificante. A vontade de se afogar às vezes é maior que a de nadar.

Entretanto, mesmo que o mar grande chame, buscando arrebentar na arrebentação, ninguém vira as costas para a paz. A brisa serena, não fazer nada, sentir apenas os raios de sol ou o brilho do luar que caminham preguiçosos pelo rosto, dando novo gosto e levando desgostos.

E aí, nestes caminhos e descaminhos, futuros do préterito mais que imperfeito, a vida passa. Repassa. Trespassa. Espaça. E alma, sequestrada pela angústia e melancolia, foge, desiste de ser refém da tristeza, para não ser assassinada pela amargura e sorri, desafiadora. Para flanar, sentir a brisa ou incendiar. Trivial, vaporoso e inebriante, como cheiro de café. Assim, simples, fazendo sem saber. Apenas sendo. Afinal, o mais complexo na vida é enxergar a simplicidade.

Anúncios

Agora pare: Escreva um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s